Duna Dueto

A princesa cambalhotista - Sugestões para o(a) professor(a)

Apresentamos a seguir sugestões para trabalhar com o livro A princesa cambalhotista em sala de aula. O professor pode selecionar aquelas que sejam mais adequadas a sua turma ou pode seguir todo o roteiro de atividades. Pode, ainda, trabalhar alguns itens junto com as aulas de Educação Física.

Antes de iniciar a leitura do livro, pode-se levantar questões como:

- Pelo título e pela capa, como vocês imaginam que será a história?
- Vocês conhecem a palavra “cambalhotista”? Acham que ela consta do dicionário? (Se possível, sugerir que procurem a palavra no dicionário.)

Após a leitura:

- A partir da leitura do livro, que poderá ser realizada pelo professor, comentar com os alunos sobre as dificuldades enfrentadas pela protagonista para a realização de seu objetivo.
Após essa intervenção, o professor poderá solicitar aos alunos a confecção de um quebra-cabeça, que poderá ser feito com material reciclável, ou de uma trilha que a princesa precisa percorrer para alcançar seu objetivo, passando por obstáculos.
- A princesa e o rei tinham sonhos. E seus sonhos se tornaram realidade. O professor deverá solicitar aos alunos que falem desses sonhos e dos impedimentos para sua realização.
- Propor que os alunos falem sobre seus sonhos, suas escolhas, sobre algo que gostariam de fazer ou sobre a vocação que acreditam ter. Em seguida o professor poderá colocar uma música suave e incentivar os alunos a fazerem uma colagem dos seus sonhos e descrevê-los, mesmo que ainda estejam na fase motora. Ofereça materiais variados: folhas, sementes, papéis coloridos, revistas, contas, botões, fitas etc.
Após o término da atividade, comentar o resultado da atividade e montar um painel em sala de aula.
- Criar um novo título para a história.

Atividades sugeridas:

Pág. 4 – Num exercício de imaginação, tentar fazer com que as crianças pensem como seria a vida nesse reino, como funcionava a corte e o que fazia o povo da aldeia.

Pág. 5 – Continuar o exercício falando sobre como vivia o rei e a princesa antes de a rainha morrer de gripe e depois que ela morreu.

Pág. 6 – Montar um painel com fotos ou desenhos que mostrem as brincadeiras que a princesa pode ter inventado para fazer o rei voltar a sorrir. Pode ser feita uma pesquisa com pessoas mais velhas sobre brincadeiras antigas. Expor na sala de aula.

Pág. 7 – Os alunos já sabem dar cambalhotas? Que tal treinar com o(a) professor(a) de Educação Física?

Pág. 8 – Em grupos, fazer uma lista de coisas que poderiam fazer para alegrar seu pai ou sua mãe.

Pág. 8 e 9 – Fazer uma descrição detalhada, por escrito, da ilustração apresentada.

Pág. 10 – Explicar o que faria uma pessoa cambalhotista.

Pág. 11 - Que outras profissões poderiam ser inventadas? Os alunos dão ideias, e o(a) professor(a) registra na lousa. Depois, cada aluno detalha as características e funções de uma das profissões.

Pág. 12 – Entrevistar familiares mais velhos para saber se tinham sonhos quando eram jovens e, se não foram realizados, por quê.

Pág. 13 - Solicitar aos alunos que perguntem aos pais quais eram as brincadeiras de seu tempo de criança. Solicitar que falem quais brincadeiras conhecem. A partir do resultado, montar um painel na sala com cartões coloridos de todas as brincadeiras apresentadas. Após a atividade, levar os alunos para brincarem no parque com as brincadeiras descritas no painel.

Pág. 14 e 15 – Fazer com que as crianças reflitam sobre os benefícios e malefícios que podem ocorrer quando praticamos uma mesma atividade repetidamente por muito tempo.

Pág. 16 – Na história o rei decide arranjar um noivo para a princesa. Ver com as crianças se elas acham que isso poderia acontecer hoje em dia e por quê.

Pág. 17 – Da mesma forma, conversar com as crianças sobre a possibilidade de alguém hoje se casar com um príncipe, um cavaleiro, um ogro, um duende etc.

Pág. 18 e 19 – Falar sobre a determinação da princesa em ser cambalhotista. Falar sobre como decisão e determinação são importantes no alcance de objetivos.

Pág. 20 e 21 – Propor que as crianças falem sobre como os pais as ajudam no seu dia a dia.

Pág. 22 – Pesquisar sobre circos mambembes e sobre o tipo de atrações que ele apresenta. Montar atividades junto com o(a) professor(a) de Educação Física.

Pág. 23 – Criar uma continuação para a história ou outro final.

Navegação: Home