Duna Dueto

O advogado e o imperador - A história de um herói brasileiro

ISBN 978-85-87306-53-1
Ano: 2015
Número de páginas: 144
Formato: 14 x 21 cm
Peso: -

R$ 32,00

Autor: GILBERTO DE ABREU SODRÉ CARVALHO

A condição degradante dos negros no Brasil do século XIX, após três séculos de escravidão, e cujos reflexos ainda hoje estão presentes em nossa sociedade, é retratada numa prosa poética bastante singular em O advogado e o imperador - A história de um herói brasileiro. Seu autor, o advogado e escritor Gilberto de Abreu Sodré Carvalho, recria neste romance histórico a vida do abolicionista Luiz Gama e o coloca no lugar de protagonista como um herói brasileiro.

O processo que levou à abolição da escravatura é um tema muito atual e pertinente, que merece ser revisto e discutido. A relação entre Luiz Gama e o imperador Dom Pedro II coloca em foco questões como liberdade e justiça social. Mais do que isso, aponta também a omissão do imperador em relação à questão escrava e à criação de um projeto de país que incluísse todas as pessoas.

Filho de mulher negra livre e homem branco, o menino Luiz foi vendido como escravo pelo próprio pai aos dez anos de idade. Aprendeu várias profissões e exerceu a advocacia sem nunca ter-se formado advogado. Ele acreditava que o Brasil só poderia se desenvolver e ser um país justo quando toda a população recebesse a mesma educação e tivesse as mesmas oportunidades sociais e de trabalho. Sabia que a abolição da escravatura não seria a solução, mas um primeiro passo para uma sociedade mais justa. Considerado um eficaz tribuno da liberdade, ainda hoje seu pensamento é importante para a compreensão das fragilidades sociais do Brasil.

Segundo o autor, Dom Pedro II representava o passado, acreditava no escravismo como um "mal necessário" e tinha a clara intenção de "branquear" a população brasileira. Acreditava que trazer imigrantes europeus brancos seria uma estratégia de governo para ajudar a dizimar a população negra analfabeta e desassistida, que estaria ainda mais fragilizada após a inevitável abolição da escravatura, exigida pelos britânicos e pelo mundo civilizado em geral. Para o Imperador, os brancos vindos da Europa substituiriam, com vantagem, os negros brasileiros como mão de obra. E estes sucumbiriam com o tempo.

Navegação: Livros Literatura O advogado e o imperador - A história de um herói brasileiro