Espiar

Um casebre bem firmado e um castelo nada encantado

Um homem simples e um rei arrogante buscam o melhor lugar para construir suas moradias: um casebre e um castelo, respectivamente. Ambos escolhem a mesma praia, serena e simpática, de areia fina e águas calmas. Mas, em seguida enfrentam uma tempestade cheia de vento, raios e trovões. Depois, quando vem a calmaria, as coisas vão ser diferentes naquela praia.

R$34,00

ISBN 978-85-87306-30-2
Ano: 2010
Número de páginas: 24
Formato: 20 x 22,5 cm
Peso: 110g

Um homem simples e um rei arrogante buscam o melhor lugar para construir suas moradias: um casebre e um castelo, respectivamente. Ambos escolhem a mesma praia, serena e simpática, de areia fina e águas calmas. Mas, em seguida enfrentam uma tempestade cheia de vento, raios e trovões. Depois, quando vem a calmaria, as coisas vão ser diferentes naquela praia.

O livro Um casebre bem firmado e um castelo nada encantado, escrito e ilustrado por Paulo Debs, mostra para a criança a importância de uma base sólida para qualquer coisa que queiramos construir e que o julgamento não deve ser feito com base nas aparências. A pedra sobre a qual o jardineiro constrói sua casinha pode ser vista como uma metáfora dos pais, da família, dos educadores, da escola, dos amigos e de qualquer coisa que traga segurança à criança.

Livro indicado para 1º a 5º ano do Ensino Fundamental e também para Educação Infantil para trabalhar questões como valorização da segurança e da amizade, julgamentos com base nas aparências, o modo como tratamos as pessoas ao nosso redor e a necessidade de sempre analisarmos as questões por diversos ângulos, e não apenas por aquele que está mais evidente. A leitura pode ajudar a criança a perceber as situações em que age de forma arrogante e analisa qualquer questão por apenas um ângulo, o que pode ser um facilitador para o professor resolver esses problemas, que podem surgir em sala de aula.

 

Peso 110 g
Dimensões 20 × 22.5 cm
Autor(a)

Paulo Debs

Ilustrador

Paulo Debs

Avaliações

Sem avaliações no momento.

Seja o primeiro a avaliar “Um casebre bem firmado e um castelo nada encantado”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *